Make your own free website on Tripod.com

Consequências

Home page Refeições Essenciais Consequências Alimentação correcta Alimentação saudável

Consequências da alimentação em excesso e em deficiência:

 

 

Obesidade

 

 

Chega a ser um contra-senso nos dias de hoje, em que vivemos numa sociedade "dita" moderna, quando o homem há muito tempo já pisou na lua, sendo o progresso da ciência e a Medicina indiscutíveis a obesidade avançar em proporções alarmantes. Cerca de um terço dos americanos são considerados obesos, partindo de padrões básicos de percentual de gordura.

Acima de 20% para os homens e 30% para as mulheres. No Brasil os números não são muito diferentes e o grande vilão da gordura excessiva é justamente as facilidades oferecidas pelo mundo moderno. Uma das pesquisas americanas dão conta que dos mais de 2kg de gordura por ano acrescidos no peso corporal, 1 é culpa dos controles remotos. Aperta-se botão para tudo: televisão, videocassete, som, acendimento automático de lâmpadas, vidro eléctrico no carro, escada rolante e muito mais. Ou seja, a lei do menor esforço é parceira da gordura, das doenças cardiovasculares, da hipertensão arterial, da diabetes, do câncer entre outras. Portanto, o excesso de peso não deve ser encarado como um factor apenas estético. É um problema crónico de saúde pública relatado pelos Institutos Nacionais de Saúde dos E.U.A. Um terço das mortes por câncer de mama e indrométrico estão, segundo relatórios médicos dessas entidades, relacionadas ao excesso de gordura, mais de 30% de percentual. Dois terços ficam por conta das cardiografias inerentes à obesidade.

 

 

Anorexia nervosa

 

A anorexia nervosa é um transtorno alimentar caracterizado por uma rígida e insuficiente dieta alimentar (caracterizando em baixo peso corporal e o stress físico. A anorexia nervosa é uma doença complexa, envolvendo componentes psicológicos, fisiológicos e da sociedade. Uma pessoa com anorexia nervosa é chamada de anoréctica. Uma pessoa anoréctica pode ser também bulímica.

 

Bulimia nervosa

 

 

A bulimia nervosa é um transtorno alimentar associado com a anorexia nervosa, como, porém em que a pessoa bulímica tende a ter períodos de intensa alimentação, seguidos de culpa, por causa do ganho de peso. Para eliminar esse excesso, a pessoa bulímica exercita-se demais, vomita o que come e faz uso excessivo de laxativos e diuréticos.

 

Além dos mesmos danos à saúde causado pela anorexia, a bulimia nervosa tem outras complicações como danos severos ao esófago, às glândulas salivares e aos dentes, por causa do ácido estomacal, presente no vómito, que corrói tais órgãos.